Área do cliente

Ciclos de vida das empresas familiares: 6 estágios sequenciais e suas características – parte 1

O processo de crescimento de uma pequena ou média empresa familiar obedece e acompanha, quase sempre, o que é consagrado como ciclos de vida da organização.

Abaixo, resumidamente, destacamos os 6 estágios sequenciais que caracterizam os ciclos de vida das organizações familiares:

➡ Estágio 1: a existência/criação da empresa: nessa fase, a empresa é simples, pois o empreendedor faz tudo e supervisiona diretamente os seus empregados. Os sistemas de planejamento formal são mínimos, quando não, inexistentes. Geralmente, a estratégia da empresa resume-se a “ficar viva”. Nesse cenário, o risco de mortalidade da empresa é grande;

➡ Estágio 2: a manutenção: aqui encontram-se as pequenas e médias empresas que demonstram a potencialidade do “negócio”, contando com uma boa e contente clientela, por conta de produtos ou serviços satisfatórios. A organização ainda é simples e o principal problema encontra-se na relação entre receita e despesa. O objetivo continua sendo a sobrevivência e o dirigente-proprietário é o único representante da empresa.

Gostou do conteúdo? Então, continue nos acompanhando. No próximo post falaremos sobre os estágios 3 e 4.

Leia também -> Fluxo de Caixa: como ele atesta a saúde financeira da sua empresa?

Ainda possui dúvidas? Entre em contato conosco.

Aqui, você terá acesso exclusivo a informações personalizadas sobre sua empresa. Acompanhe de perto suas finanças, visualize relatórios e documentos importantes, envie solicitações e desfrute de uma experiência contábil simplificada. Estamos comprometidos em facilitar sua gestão financeira e tributária.